HomeHome  RTIRTI  PortalPortal  FAQFAQ  SearchSearch  RegisterRegister  UsergroupsUsergroups  Log in  
Navigation
 Portal
 Index
 Memberlist
 Profile
 FAQ
 Search
Search
 
 

Display results as :
 
Rechercher Advanced Search

Share | 
 

 Transmissão do Samurai

View previous topic View next topic Go down 
AuthorMessage
zeca4x4



Number of posts : 422
Localisation : Lx
Registration date : 2006-11-09

PostSubject: Transmissão do Samurai   Tue Nov 14, 2006 8:55 am

DIFERENCIAIS

Na transmissão de um Samurai existem tres zonas de desmultiplicação com engrenagens. A caixa de velocidades,a caixa de transferência e os diferenciais.
Dois carretos (rodas dentadas) engrenados tem uma relação de transmissão correspondente à relação entre o nº de dentes de cada um deles. Se aplicarmos movimento no veio de um carreto engrenado noutro, com o dobro do nº de dentes do primeiro,obtemos no veio do segundo carreto um movimento com metade da velocidade angular. Esta diminuição da velocidade implica um aumento proporcional do binário.
Por outras palavras podemos dizer que obtemos metade da velocidade e o dobro da força.
Esta situação verifica-se primeiro na caixa de velocidades, volta a verificar-se na caixa de transferência e mais uma vez nos diferenciais.
No diferencial, o movimento recebido do veio de transmissão é transmitido aos semi eixos através de um conjunto de engrenagens. O veio movimenta um pequeno carreto denominado "pinhão" que se encontra engrenado noutro muito maior conhecido por "roda de coroa".
Ao aplicar um novo motor mais potente que o original, e rodas de diametro superior ás originais, o esforço sobre a transmissão é substancialmente maior.
Este tipo de transformação, por não se corrigir o dimensionamento da transmissão, provoca graves falhas mecânicas.
Uma forma de diminuir o esforço na transmissão é alterar a relação de transmissão dos diferenciais poupando as caixas e veios de transmissão. Neste caso só os semi eixos ficam sujeitos a um esforço adicional significativo e podem ser substituidos por outros "heavy duty" que existem no mercado.
Esta alteração dos diferenciais,no caso do Samurai,pode ser feita de uma forma caseira recorrendo à substituição das rodas de coroa dos diferenciais pelas do Vitara.
Já que vamos mexer nos diferenciais aproveitamos para instalar os bloqueios.
É preferivel utilizar pontes completas, dimensionadas para as novas caracteristicas do veículo, mas também é substancialmente mais caro.


Last edited by on Tue Nov 14, 2006 9:02 am; edited 2 times in total
Back to top Go down
View user profile http://www.zeca4x4.no.sapo.pt
zeca4x4



Number of posts : 422
Localisation : Lx
Registration date : 2006-11-09

PostSubject: Veios de transmissão   Tue Nov 14, 2006 8:56 am

VEIOS DE TRANSMISSÃO

Aumentar a distancia ao solo, e criar espaço para rodas maiores, está normalmente associado ao aparecimento de vibrações anómalas.
Na grande maioria dos casos, estas vibrações, são provocadas pelos veios de transmissão.
Os cardans, e respectivas cruzetas,ao contrário do que possa parecer, não tem uma velocidade constante.
Como os cardans normalmente não se encontram alinhados numa linha recta , o angulo descrito, provoca que as quatro extremidades das cruzetas não tenham todas o mesmo raio de rotação simultaneamente e, como tal ,rodem a velocidades diferentes.
O cardan sofre continuas acelarações e desacelarações que aumentam com o angulo descrito pelo veio de transmissão. Este fenómeno provoca vibrações ,mas como normalmente os veios tem dois cardans, são compensadas pelas extremidades opostas.
Os veios são originalmente calibrados e equilibrados para que não provoquem vibrações. Quando aumentamos o angulo de funcionamento ,saindo fora dos parametros da calibração ,surgem as vibrações motivadas pelo esforço excessivo.
Uma forma de evitar este problema é usar veios com duplo cardan numa das extremidades.
Outra forma mais simples de resolver este problema é corrigir a posição dos eixos de forma a repor o angulo original de funcionamento dos veios de transmissão.
É de notar que no eixo da frente tem que se ter em conta o angulo de caster da direcção ou o carro poderá ficar demasiado instável e dificil de conduzir. Neste caso é mais importante o caster que o angulo do veio de transmissão.
Para corrigir o problema sem modificar o caster pode ser usado o método de variação de fase. Quando o veio se encontra montado em fase as cruzetas apresentam posições simétricas. Se desenfiarmos o veio na sua zona extensivel ,estriado e luva ,e voltarmos a montar enfiando o estriado noutra posição criamos um desfasamento que normalmente provoca vibrações. Com sofisticado equipamento apropriado é possivel defenir o desfasamento para compensar as vibrações provocadas pela variação do angulo.
Tentar corrigir através de desfasamento sem equipamento apropriado pode aumentar as vibrações e criar ressonâncias que podem chegar a provocar a quebra do veio.
O comprimento dos veios tem que ser tomado em consideração quando se alteram as dimensões da suspensão.
Como foi referido atrás os veios tem uma zona extensivel que, quando aumentamos o comprimento normal do veio em repouso,fica com menos comprimento util ,diminuindo a sua capacidade e podendo até desenfiar-se em situações extremas.
A forma mais fácil de corrigir esta situação é atraves da colocação de espaçadores nas uniões do veio para repor o seu comprimento normal em repouso.
Podem ser usados veios com o comprimento adequado ás novas dimensões da suspensão e de preferência com um cardan duplo. Esta solução é preferivel á anterior mas de mais dificil concretização.
Na foto seguinte podem ver-se dois eixos de transmissão reforçados com cardan duplo e outro ,que não tendo sido dimensionado para as novas caracteristicas do veículo, ficou completamente destruido.



Outro exemplo do que pode suceder por mau dimensionamento

Back to top Go down
View user profile http://www.zeca4x4.no.sapo.pt
zeca4x4



Number of posts : 422
Localisation : Lx
Registration date : 2006-11-09

PostSubject: Re: Transmissão do Samurai   Tue Nov 14, 2006 9:02 am

A CAIXA DE TRANSFERÊNCIA

A transmissão de um veículo é todo o conjunto de componentes que transmite a rotação do motor às rodas.
Uma das primeiras alterações que normalmente se faz num samurai é levantar a suspensão e colocar rodas maiores. O aumento do diâmetro das rodas vai alterar o propósito para que foi desenhada a transmissão do veículo.
O resultado é um carro com menos força e a atingir velocidades mais altas quando circulamos em "baixas".
Para corrigir este problema temos que modificar a relação de transmissão.
A forma mais simples e económica será subtituir as rodas de coroa dos diferenciais do samurai pelas do Vitara. Com esta alteração consegue-se voltar a uma performance aproximada da original para rodas até 33".
Para reduzir a velocidade em baixas, aumentar a força e obter uma performance mais trialeira é necessário alterar a caixa de tranferência. Esta alteração pode ser feita com componentes originais Suzuki de uma forma mais económica do que a compra de uma "ROCK-CRAWLER". Vamos ver como e para isso começamos com uma foto da caixa de transferência do samurai.

Legenda:_A-carreto de entrada
B-carreto intermedio
C-carreto de saida
D-carreto intermedio de baixas
E-carreto de saida de baixas
Vejamos agora algumas relações de tranmissão de caixas de transferência de diferentes modelos de samurai:
SJ408 SJ410 Samurai
A. 39 ...... 31...... 44
B. 42 ...... 53...... 41
C. 62 ...... 49...... 62
D. 24 ...... 32...... 23
E. 57 ...... 47...... 56
High = ( B / A ) * ( C / B ) 1.590:1 1.580:1 1.409:1
Low = ( B / A ) * ( E / D ) 2.557:1 2.511:1 2.268:1
Segundo esta tabela uma forma simples de reduzir um Samurai será aplicar a caixa de transferência do SJ410 e as rodas de coroa do Vitara. Esta é uma forma simples e económica de obter uma boa performance.
Para os mais exigentes vamos então falar de coisas sérias.
Vamos usar os carretos A, B e C da caixa do SJ410 e os carretos D e E da caixa do Samurai. Com esta aplicação obtemos uma relação de transmissão de 1.580:1 em altas e 4.16:1 em baixas, o que significa um bom andamento em altas e uma força brutal em baixas.
A parte mais delicada desta transformação é unir os carretos B e D que requer uma operação de torneamento e soldadura muito delicada.
Primeiro é necessário tornear o veio do Samurai de forma a eliminar o carreto B. De seguida tornear o veio da caixa do SJ de forma a obter um novo carreto B com um orificio central que entre justo no nosso veio torneado. Finalmente soldar o novo carreto no veio do Samurai e tornear para um bom acabamento.

É possivel executar o mesmo tipo de procedimento para alterar a transmissão do SJ410. Neste caso serão usados os carretos D e E do Samurai.
Back to top Go down
View user profile http://www.zeca4x4.no.sapo.pt
zeca4x4



Number of posts : 422
Localisation : Lx
Registration date : 2006-11-09

PostSubject: Re: Transmissão do Samurai   Tue Nov 14, 2006 9:17 am

ALTERAÇÃO DO MOTOR

A aplicação de um motor mais potente implica várias alterações a nivel de transmissão.
Muitos proprietários de Samurais que substituem o motor acabam por vender os carros devido ás constantes avarias na transmissão. A culpa não é do carro é da forma como essas transformações são feitas.
Em última análise outro motor implica uma transmissão, completamente nova, dimensionada para suportar a potência do novo motor. Como esta solução é muito dispendiosa raramente é adoptada.
A lista de "truques" já exprimentados para tentar que a transmissão original suporte o acréscimo de potência do novo motor é muito extensa.

Algumas dicas:

Embreagem
Usar um disco reforçado ou de material compósito.

Veios de transmissão
existem aneis de reforço para os cardans mas o ideal será usar veios novos apropriados. Se modificar a altura do carro tem que aplicar espaçadores ou,de preferência, veios novos com cardan duplo.

Caixas (velocidades e transferência)
os apoios da caixa de transferência, e do conjunto motor/caixa, tem que ser substituidos por outros que suportem o esforço.

Semi eixos
tem que ser substituidos por outros adequados tipo heavy duty

Atenção aos apoios da caixa de transferência porque se não partir os cinoblocos vai torcer os braços de apoio.

Para o Suzuki Samurai todos os acessórios necessários para estas alterações encontram-se disponiveis no mercado da especialidade.

Esta lista de dicas foca somente alguns aspectos mais relevantes.
São apenas focados os aspectos essenciais a uma transformação deste tipo que permitem manter o carro em circulação com alguma fiabilidade.
Back to top Go down
View user profile http://www.zeca4x4.no.sapo.pt
Sponsored content




PostSubject: Re: Transmissão do Samurai   Today at 11:21 am

Back to top Go down
 
Transmissão do Samurai
View previous topic View next topic Back to top 
Page 1 of 1
 Similar topics
-
» Yasuoka Masahiro's 'New Discourse on Bushid? Philosophy': Cultivating Samurai Spirit and Men of Character for Imperial Japan
» Samurai vs Vit
» The Mexican Samurai
» "simplevan" '65 GMC HANDI-BUS Custom
» Chad Karr and his 51 Chevy Pick 'em up

Permissions in this forum:You cannot reply to topics in this forum
 :: TÉCNICA :: Técnica automóvel-
Jump to: