HomeHome  RTIRTI  PortalPortal  FAQFAQ  SearchSearch  RegisterRegister  UsergroupsUsergroups  Log in  
Navigation
 Portal
 Index
 Memberlist
 Profile
 FAQ
 Search
Search
 
 

Display results as :
 
Rechercher Advanced Search

Share | 
 

 Recomendações e manutenção

View previous topic View next topic Go down 
AuthorMessage
zeca4x4



Number of posts : 422
Localisation : Lx
Registration date : 2006-11-09

PostSubject: Recomendações e manutenção   Wed Sep 24, 2008 5:29 pm

Recomendações básicas para manutenção de pneus

A manutenção periódica dos pneus é muito importante. Se forem tidos os cuidados necessário, os pneus, além de durarem mais e em melhor estado, vão também poupar combustível, bem como alguns componentes do veículo.



Pressão
A função principal de um pneu é suportar a carga do carro. Para isso é importante manter a pressão correcta, recomendada pelo fabricante do veículo.
Uma pressão de ar muito baixa leva ao sobreaquecimento dos pneus, incorrendo no risco de danos. Além disso, a baixa pressão de ar promove o desgaste prematuro dos pneus, aumenta o consumo de combustível e prejudica a estabilidade de condução. A título de exemplo, um pneu com 10% a menos de pressão repercute-se num desgaste de cerca de 20% a mais de piso, causando danos na carcaça e consequentemente diminui a possibilidade desta voltar a ser recauchutada.
A pressão de insuflação deve ser verificada com regularidade e sempre antes de uma viagem longa. A pressão deve ser controlada a frio e, caso não tenha essa possibilidade, acrescente 0,3 bar à pressão aconselhada.
Nunca se esqueça do pneu suplente!

Válvulas
As válvulas são elementos fundamentais para a longevidade e segurança do pneu, contribuindo para a boa estanquicidade do mesmo. Com a circulação do veículo, a válvula sofre um desgaste normal e vai envelhecendo, daí a importância de ser inspeccionada aquando da mudança dos pneus, ou quando utilizada há um longo período de tempo.

Equilibragem das rodas
Além da pressão dos pneus, uma das principais causas do desgaste prematuro dos pneus é a deficiente equilibragem das rodas. Ruído estranho e vibrações no volante são sintomas deste problema, mais notório à medida que a velocidade do veículo aumenta, traduzindo-se num desconforto da condução e num desgaste prematuro dos órgãos de suspensão, dos rolamentos, da direcção, dos pneus, etc. Destacamos a importância das rodas serem equilibradas periodicamente.

Pneu gasto
Os pneus têm pequenos indicadores de desgaste no interior das ranhuras do piso (TWI- Tread Wear Indicator). Estes indicadores correspondem ao limite mínimo legal e de segurança que, no caso de pneus ligeiros é de 1,6mm. No caso dos pneus pesados podem não existir os referidos indicadores de desgaste, sendo recomendado o limite de 1,0mm.
Quando o desgaste do piso é tal e já foram atingidos os indicadores de desgaste, a probabilidade de despiste em piso molhado por aquaplaning é muito maior!

Montagem dos pneus
Aconselha-se a montagem de pneus novos ou menos usados no eixo traseiro, de forma a assegurar o melhor comportamento em situações extremas, como em travagens de emergência e curvas apertadas, especialmente em piso escorregadio.

Alinhamento da direcção do veículo
Uma deficiente geometria dos eixos provoca um desgaste anormal e precoce dos pneus, podendo mesmo perturbar o comportamento em estrada e consequentemente a segurança do veículo. Só um exame sistemático dos pneus permite diagnosticar uma deficiente regulação do paralelismo, nem sempre perceptível na condução.
Aconselha-se o controlo do estado dos pneus por parte de especialistas a cada revisão ou após um acidente.

_________________
http://zeca4x4.blogspot.com/

http://zeca4x4.no.sapo.pt
Back to top Go down
View user profile http://www.zeca4x4.no.sapo.pt
zeca4x4



Number of posts : 422
Localisation : Lx
Registration date : 2006-11-09

PostSubject: Re: Recomendações e manutenção   Thu Sep 25, 2008 7:47 am

Leitura do desgaste do pneu



Importantes falhas podem ser verificadas pelo desgaste prematuro dos pneus ou a forma como esse desgaste se pronuncia.

Veja algumas dicas:

- Banda de rodagem desgastada na zona central (1 e 3):
Um excessivo desgaste na zona central da banda de rodagem é um claro sintoma de que o pneumático rodou cheio demais. O excesso de pressão tende, além disso, a fazer o pneumático trepidar sobre o pavimento, o que acelera ainda mais o desgaste, dadas as fortes fricções produzidas cada vez que o pneumático bate no chão depois de um pequeno salto.

- Banda de rodagem desgastada nas duas zonas laterais (2 e 7):
Quando o pneumático roda com pressão insuficiente, o apoio da banda de rodagem com o solo concentra-se sobre as zonas laterais, que sofrem, por isso um desgaste mais acentuado do que a zona central. Além disso, nessas condições, as maiores flexões sofridas pelo pneu traduzem-se na elevação da sua temperatura de trabalho, o que amolece a borracha e acelera seu desgaste.

- Áreas lisas, sem escultura, mostrando até mesmo a lona interior (3 e 5):
Alguns defeitos mecânicos, como deformações em discos ou tambores de travão, ou folgas excessivas em rolamentos das rodas, podem encurtar drasticamente a vida de um pneumático. Esses casos em geral manifestam-se por fortes desgastes concentrados em zonas reduzidas de banda de rodagem, que chegam a ficar inteiramente "carecas" enquanto o resto do pneumático se encontra em condições de uso.

- Desgaste irregular com rebarba de borracha para dentro ou para fora (4 e 6):
Uma das anomalias que causam um desgaste mais rápido é a falta de paralelismo, ou incorreção dos ângulos de convergência ou divergência. Se as rodas tanto traseiras como dianteiras não guardarem o devido paralelismo entre si, as bandas de rodagem sofrerão um contínuo esforço transversal com o solo, que dará lugar a um desgaste muito rápido de borracha.

- Desgaste lateral devido ao camber (negativo e positivo) (5):
Um excessivo desgaste na zona lateral - interna ou externa - da banda de rodagem, é freqüentemente motivado por um defeito no ângulo de camber. Quando a camber for excessivamente negativo, o desgaste se dará na parte interna da banda, e vice-versa. Contudo, esse mesmo tipo de desgaste pode ser causado também por um defeito na convergência/divergência.

- Desgaste em forma de ondas (6):
Os desgastes em forma de ondas costumam ser causados por desiquelibrio das rodas, que provoca fortes vibrações dos pneumáticos, especialmente em altas velocidades. Este mesmo desgaste, ou semelhante também pode produzir-se por defeitos na jante, como amolgadelas e excentricidade, bem como por folgas nos cubos das rodas, elementos da suspensão ou em articulações da direção.

_________________
http://zeca4x4.blogspot.com/

http://zeca4x4.no.sapo.pt
Back to top Go down
View user profile http://www.zeca4x4.no.sapo.pt
 
Recomendações e manutenção
View previous topic View next topic Back to top 
Page 1 of 1

Permissions in this forum:You cannot reply to topics in this forum
 :: TÉCNICA :: Jantes e Pneus-
Jump to: